segunda-feira, 30 de Janeiro de 2012

Quais as finalidades do banho no leito?

Por Tomas Söderberg ( criador do manual de cuidadores de idosos)

"O banho no leito deve ser aplicado no paciente idoso para: proporcionar conforto e bem-estar; remover sujidades aderidas à pele e odores desagradáveis; estimular a circulação; remover células mortas e microorganismos;  favorecer a transpiração.

O que o cuidador deve saber sobre o banho no paciente idoso?
A rotina do banho é essencial. Procure aplicar o banho sempre no mesmo horário e não mude a maneira de conduzir o banho. Assim, o cuidador deve: na medida do possível, deixar que o idoso realize (quando estiver em condições) a tarefa de banhar-se. A melhor maneira de o cuidador agir, é na condição de incentivador e auxiliar; antes de chamar o idoso para o banho, o cuidador deverá preparar tudo nos mínimos detalhes; se os objetos necessários não estão à mão (sabonete, champô, toalha, roupas limpas), corremos o risco de ter que deixar o idoso sozinho e molhado num ambiente potencialmente perigoso; quando se está preparando o banho, todas as ações devem ser explicadas em voz alta, falando clara e pausadamente, uma a uma; banho de duche, com água em abundância e temperatura agradável são requisitos indispensáveis; ao iniciar o banho, dependendo do grau de autonomia do idoso, deve-se pedir que vá se despindo. As ordens devem ser bem claras:
  • Vamos tirar suas roupas,
  • Entre no polibã;
  • Passe o sabão nas axilas;

Todas as ordens bem executadas devem ser acompanhadas de elogios; após o banho, o cuidador deve oferecer a toalha, e pedir ao idoso que se seque, supervisionando principalmente entre os dedos dos pés e nas dobras do corpo. Depois, oferecer roupas limpas, peça por peça, explicando onde colocar (a camisa, as meias...) e ajudando-o se for necessário;

O banho também é um ótimo momento para realizar uma revisão sistemática da pele, unhas e cabelos, observando assim alguma lesão escondida, rachadura na pele ou nos pés, hematomas ou algum outro trauma, escaras que estão iniciando, micoses, etc; as unhas devem ser cortadas semanalmente;  o cuidado com a cavidade oral (boca) é importante. A limpeza de próteses (dentaduras) ou mesmo dentes naturais, bem como as gengivas, devem ser rigorosamente observados, principalmente após as refeições; os cabelos devem ser lavados regularmente e revisados em busca de parasitas. Os cortes do cabelo e da barba devem ser feitos periodicamente; quando o idoso não quiser fazer a sua higiene e nem deixar o cuidador fazê-lo, você deve manter postura determinada, evitando a confrontação e a discussão, conduzindo com firmeza, passo a passo, a execução de toda a tarefa".

Sem comentários:

Enviar um comentário