terça-feira, 24 de abril de 2018

Livro O Grande Conflito

Todos nós temos conflitos em todas as fases da nossa vida. Este livro traz uma excelente bagagem de informação que será para o leitor uma grande âncora que irá trazer paz para viver! Click no link abaixo e recebe este livro totalmente gratis, sem despesas de envio!
http://www.radiorcs.pt/ograndeconflito/form_popup.php 

Resultado de imagem para o grande conflito

História da Esperança

Estes é um livro fantástico para aqueles que perderam a motivação para viver! Pode ser seu gratuitamente, sem custos de envio postal. Click na imagem abaixo e faça o seu pedido.

Resultado de imagem para historia da esperança

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

O Exercício Físico e a Saúde


Imagem relacionada
A grande maioria dos médicos e dos gerontólogos apostam na atividade física como um fator promotor para saúde. São aconselhadas pequenas caminhadas, mesmo nos corredores dos hospitais, a pacientes que sofreram uma intervenção cirúrgica.

O exercício físico também é aconselhado para indivíduos com as mais variadas patologias. Traz diversos benefícios ao sistema respiratório e cardiovascular, fortalece os músculos, é bom para regularizar o intestino, baixar o colesterol, bem como combater e prevenir a obesidade. Também funciona como analgésico para combater as algias das articulações e fortalecer os ossos.
Homens como Charles Thiebauld e Pierre Sprumont estão a fazer investigações sobre as relações entre doenças como o cancro, a diabetes e até mesmo a doença de Alzheimer e a atividade física. O Hospital de Loma Linda, na Califórnia, não tem medido esforços nas investigações para encontrar a ligação entre o cancro e o sedentarismo. Se todas estas investigações forem positivamente provadas será um grande avanço para a medicina, a gerontologia e acima de tudo para a saúde da população mundial.

terça-feira, 20 de junho de 2017

Quantas horas devemos dormir?

Resultado de imagem para elderly sleeping
Ao longo da minha experiência no campo da gerontologia tenho observado que grande parte dos idosos têm as horas de sono trocadas, reclamam que dormem mal, têm sono leve e assim por diante. Pessoas que têm essas dificuldades recorrem a medicamentos, que de início são inofensivos, mas com o passar do tempo poderão provocar alguns efeitos colaterais e até mesmo dependência física ou psicológica.
Quantas horas necessita um idoso de dormir? Há muitos que defendem o conceito que um idoso não necessita de mais de 5 a 6 horas de sono. Entretanto, a Gerontologia aposta num conceito em que cada pessoa tem as suas necessidades únicas e cada caso deve ser avaliado individualmente. Assim, as horas de sono de um idoso devem ser exactamente as horas necessárias para a restauração das energias e recuperação da fadiga.
Não obstante é extremamente importante referir qual o período em que o sono mais traz benefícios para o corpo. Muitos estudos, como os de Handysides e Kuntaraf têm assegurado o conceito de Ellen White ao salientar que “o sono é muito mais valioso antes do que depois da meia-noite. Duas horas de bom sono antes das doze valem mais do que quatro horas depois das doze”. Isso dá-se pelo facto da melatonina, uma hormona produzido pela glândula pineal, aumentar a sua secreção com a escuridão. Essa hormona desenvolve um papel importante no nosso bem-estar