terça-feira, 31 de janeiro de 2017

atração interpessoal e a atribuição causal.

Resultado de imagem para homem um ser socialComo ser social, tudo que o indivíduo diz ou deixa de dizer, que faz ou deixa de fazer tem um grande peso na sociedade em que está inserido. O sujeito está constantemente a ser observado pelas suas atitudes. Estes julgamentos, entretanto, não são constantemente corretos pois nem sempre o indivíduo age ou reage de acordo com o seu pensamento, mas de acordo com a demanda o meio envolvente. Vemos desta forma a influência que o meio tem sobre o sujeito.
Do ponto de vista da Psicologia Social encontramos diversas formas de atração interpessoal que irão contribuir para o desenvolvimento de relacionamentos. Estes relacionamentos interpessoais desencadeiam, consequentemente, ações entre os indivíduos. Estas ações provocam observações e análises, culminando assim a atribuição causal.
Tanto o estudo da atracão interpessoal como o estudo da atribuição causal são de vital importância para um envelhecimento bem-sucedido e feliz. Uma vez que estes elementos sejam bem aplicados poderão ser de grande valia para promover a integração ou reintegração do idoso na sociedade, combatendo desta forma o isolamento.

By Luciano da Silva e Sabrina Mestre

o Homem como ser social

Resultado de imagem para homem um ser socialO Homem é um ser social. Tem a necessidade inerente de viver em sociedade e desenvolver relações com as pessoas à sua volta. Tornando-se desta forma “relações” ao agir e interagir com as pessoas à sua volta.
Archer (2001, pag. 224) classifica a pessoa como um “membro (vivo) de um corpo social, de uma família. Sem sentido de pertença, nem participação, pode começar a despersonalizar-se”.
Já alguém disse que “o Homem não é uma ilha”. Assim o Homem só se realiza como pessoa quando vive ou desenvolve relações com os seus semelhantes. Esta relação tem vários níveis e assume múltiplas formas que podem ser caracterizadas como; amizade, intimidade e sociabilidade. Daí derivam as atrações interpessoais e consequentemente as atribuições causais que permitem que o Homem construa os seus relacionamentos sobre essa base. 

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

O descanso semanal

Resultado de imagem para descanso redeHá diversas forma e processo que podemos utilizar assegurar o nosso descanso físico e mental. A execução de outras actividades diferentes da actividade rotineira do trabalho pode trazer descanso ao cérebro e contribuir para o conhecimento de novos horizontes. Melo (2003) postula que “as actividades ao ar livre e no campo, na praia ou montanha são salutares, descontraem e reabilitam o organismo”.
Margarido (2009) salienta a necessidade de “deixar para trás as preocupações de mais uma semana de trabalho” e “beber o ar puro da serra, escutar o seu silêncio e penetrar no que ela tem de melhor”, como forma de desfrutar do contacto com a natureza e descansar da rotina dos dias das da semana.
O descanso semanal, com uma actividade voltada para o núcleo familiar ou entre amigos também é um grande agente curativo e pode actuar de uma forma positiva quer na saúde física, mental e espiritual do indivíduo. Talvez essa seja uma das razões porque Êxodo cap 20:8 relembra-nos da importância do descanso semanal do sábado, que tem sido negligenciado pela nossa sociedade. 

A importância do Sono Noturno


Resultado de imagem para dormirMuito se tem debatido sobre o melhor horário para um sono restaurador. Cordeiro (2010) confirma a necessidade do sono nocturno ao informar que “a melatonina, substância produzida pela glândula pineal, que se localiza no centro do cérebro é sensível à luz que entra pelos olhos, é também muito importante no processo do sono. A secreção aumenta com a escuridão”. Em conformidade com este conceito E.G. White (apud Handysides, Kuntaraf at al, 2010) salienta que “o sono é muito mais valioso antes do que depois da meia-noite. Duas horas de bom sono antes das doze valem mais do que quatro horas depois das doze”. Se o corpo não se tirar tempo de qualidade para o seu restauro, surge um estado de permanente fadiga que muitas vezes leva o indivíduo a patologias que poderiam se evitadas caso o corpo fosse ouvido.

Descanso, um bem necessário!

Resultado de imagem para descansoA necessidade de descanso é tão real como a necessidade de actividades físicas e mentais para o bom desempenho do organismo. O indivíduo que não descansa as horas necessárias para recompor as energias está tão sujeito a doenças como o indivíduo sedentário.
De acordo com Leitão (2010) uma forma de dormir sem a utilização de medicamentos é “tomar um copo de leite antes de dormir, um pouco de leitura, etc. Algumas rotinas são necessárias para desligar e dormir tranquilamente”.
O sono deve ser obtido através de processos naturais de relaxamento e não por via de calmantes em forma de medicamentos. Segundo Pape e Puzenat (2003) os calmantes “trata-se de medicamentos sintomáticos, que aliviam mas não eliminam a causa, e é por vezes necessário aumentar a dose para manter os mesmos efeitos. Estes factores podem provocar, em certas pessoas verdadeira dependência na sequência de uma utilização prolongada.
Melo (2003) sugere a necessidade de “relaxar o sistema nervoso obtendo-se o descanso natural reparador”. O mesmo autor informa ainda que “o melhor momento para o diencéfalo encontrar a sua liberdade total de acção neurovegetativa é a noite, sono natural, quando o córtex repousa e nenhum pensamento o perturba”.

Stress

Resultado de imagem para stress
Um dos males que mais açoitam a nossa sociedade actual é o stress. Martins, Hagen et al (2005) enfatiza que “A palavra stress foi adaptada por Hans Seyle pela primeira vez na década de 30. Ele emprestou a palavra da engenharia que stress refere-se ao desgaste de materiais submetidos a pressão excessiva”. Nos tempos actuais o termo “stress” é empregado para determinar o estado de grande fadiga em que uma pessoa se encontra quer nos que se refere à “pressão profissional, social ou familiar”.

domingo, 29 de janeiro de 2017

Envelhecer com Fernando Montenegro

Resultado de imagem para envelhecer

Envelhecimento Humano

Imagem relacionadaO envelhecimento pode ser classificado como “um processo multidimensional que comporta mecanismos de reparação e destruição que são desencadeados ou interrompidos em momentos e ritmos diferenciados consoante as características de cada pessoa”. Berges e Mailloux-Poirier, citado por Sá (2009).
Este afirmação vem ao encontro de diversos estudos que mostram que não existe uma idade determinada para o inicio da retrogénese, que é o processo natural de degradação psicomotora da ser humano, que se desencadeia com o passar dos anos, depois da idade adulta. O seu início depende do estilo de vida, do factor genético e da saúde do indivíduo. Mais uma vez fica provado que o nosso estilo de vida irá determinar a nossa saúde quer a curto ou a longo prazo.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Os efeitos do ódio na nossa saúde

Resultado de imagem para ódiosentimentos negativos como ódio, mágoa, inveja e rancor podem causar danos muito mais severos para um envelhecimento saudável do que se possa imaginar. Segundo Barrows (2010, pag. 35) se o sentimento da inveja não for definitivamente eliminado da personalidade do indivíduo, ela poderá reaparecer quem qualquer estágio da vida, inclusive na velhice, e “voltará a emergir em período de stress e terá de ser objecto de uma nova elaboração para que os sentimentos criativos e positivos possam vir a prevalecer”.
De acordo com Melgosa (2010, pag. 9) “os estados emocionais negativos, como ódio, preocupação, receio, raiva e ciúmes, provocam reacções fisiológicas imediatas.” Estas reacções desencadeiam mal-estar que por sua vez tornam-se em perturbações cardíacas, digestivas e psicológicas. Assim conclui-se que para que tenhamos boa saúde precisamos abandonar os nossos sentimentos negativos para que eles não exerçam nenhuma influência sobre nós. Já alguém disse que o ódio contra outras pessoas é um copo de veneno que nós tomamos para nos matar. 

Gestão de conflitos entre idosos

Resultado de imagem para invejaEm todas as etapas da vida o indivíduo segue um padrão de referência. As crianças comparam o seu crescimento entre si, os pré-adolescentes comparam o desenvolvimento do seu corpo, os jovens comparam a quantidade de parceiros sexuais ou namoros e os mais adultos comparam as suas situações financeiras, casas, carros, trabalhos, posição social, etc . Segundo esta linha de pensamento, o fenómeno da comparação é inerente ao ser humano. Os idosos de uma forma muito peculiar exercem a sua capacidade de observação e comparação com a mesma mestria. Às vezes este acto é feito de uma forma inocente, mas também pode ser acutilante, mesquinho e até mesmo ofensivo. Quantas vezes não se tem relatado discussões e insultos onde haja aglomerações de idosos e tudo isso tendo como causa inicial uma comparação que gerou inveja!
Este tipo de sentimento pode causar danos muito mais severos para um envelhecimento saudável do que se possa imaginar. Segundo Barrows (2010, pag. 35) se o sentimento da inveja não for definitivamente eliminado da personalidade do indivíduo, ela poderá reaparecer quem qualquer estágio da vida, inclusive na velhice, e “voltará a emergir em período de stress e terá de ser objecto de uma nova elaboração para que os sentimentos criativos e positivos possam vir a prevalecer”.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Somos Seres Únicos

Resultado de imagem para one in manyNo livro " A Arte de Envelhecer" Claude Olievenstein postula que “há velhos e velhos, de vários níveis e de várias idades”. Este facto deve ser seriamente tomado em consideração por todos os que lidam com idosos, quer familiares, cuidadores ou outros profissionais. Assim como as crianças são indivíduos únicos e necessitam de uma aprendizagem diferenciada para um melhor desenvolvimento cognitivo, muito mais deve esta realidade ser vivenciada nos idosos uma vez que têm um longo percurso no que tange à bagagem de cultura e de desenvolvimento do carácter pela experiência que a vida lhes proporcionou. Desta forma entende-se que o idoso, como um indivíduo, é digno de um tratamento personalizado pois trata-se de um ser único e singular.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Mude - Edson Marques

Mude...
Mas comece devagar. Porque é mais importante a direcção do que a velocidade. 
Mude de caminho. 
Ande por outros lugares, 
observe calmamente e com atenção os lugares por onde passa. 
Veja o mundo de outras perspectivas 
Descubra novos horizontes 

Não faça do hábito um estilo de vida.
Sente-se noutra cadeira. 
No outro lado da mesa, 
mais tarde mude de novo

Mude... 
mude por uns tempos os estilos das roupas, 
dê os seus sapatos. 
Procure andar descalço alguns dias. 
Tire uma tarde inteira para passear na praia, ou no campo
Ouvir os passarinhos cantar. 

Veja o mundo de outras perspectivas.
Feche e abra gavetas
E portas, mas com a mão esquerda. 
Durma do outro lado da cama. 
Depois procure dormir em outras camas. 

Assista a outros programas
Compre outros jornais. 
Leia outros livros. 
Não faça do hábito um estilo de vida
Viva... ame a novidade. 
Durma mais cedo. 
Durma mais tarde. 

Apreenda uma palavra nova por dia em outra língua. 
Corrija a postura. 
Coma um pouco menos. 
Escolha novos sabores, novas cores, novas delícias.

Tente o novo todos os dias. 
O novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo feito,
O novo prazer, o novo amor, a nova vida.

Tente ... volte a tentar... tente novamente
Procure novos amigos, novos amores, faça novas relações

Almoce em outro lugar, 
Vá a outros restaurantes,
tome outro tipo de bebida, 
compre pão noutra padaria. 
Almoce mais cedo, 
jante mais tarde ou vice-versa 

Escolha outro mercado, 
outra marca de sabonete, 
outra pasta de dentes. 
Tome banho em novos horários

Use canetas de outras cores
Vá passear em outros lugares
Ame... Ame muito! 
Ame cada vez mais. 
Ame de modos diferentes 

Troque de bolsa, de mala, de carteira, 
compre uns óculos novos, escreva novas poesias
Deite fora os velhos relógios 
Parta delicadamente os despertadores. 

Abra conta noutro banco. 
Vá a outro cabeleireiro.
Visite outros museus. 
Vá a outro teatro. 

Mude...Mude...
lembre-se que a vida...a vida é só uma. 
Pense seriamente em ter um outro emprego. Uma nova ocupação. Um trabalho mais prazeroso, mais digno, mais humano...

Se não encontrar razões para ser Feliz... invente! Invente!
Seja criativo, 
e aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, 
longa, se possível sem destino

Experimente coisas novas...
Troque novamente
Mude
Mude de novo
Experimente outra vez
Atue...sim...faça de novo
certamente conhecerá coisas melhores 
E coisas piores às já conhecidas, mas não é isso que importa. 

O mais importante na mudança, 
é o movimento, o dinamismo, a energia
Só o que está morto não muda! 

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

A Importância da Higiene na Velhice

Resultado de imagem para banho de idososOs que têm de atender a pessoas idosas devem lembrar que estas, especialmente, precisam de quartos quentes, confortáveis. O vigor declina à medida que avança a idade, deixando menos vitalidade para resistir às influências insalubres; daí a maior necessidade dos velhos, quanto a abundância de luz solar e de ar renovado e puro. O escrupuloso asseio é indispensável tanto à saúde física como à mental. Impurezas são constantemente expelidas do corpo por meio da pele. Seus milhões de poros logo ficam obstruídos, a menos que se mantenham limpos mediante banhos frequentes, e as impurezas que deviam sair pela pele se tornam mais uma sobrecarga aos outros órgãos eliminadores. Muitas pessoas tirariam proveito de um banho frio ou tépido cada dia, pela manhã ou à noite. Em vez de tornar mais sujeito a resfriados, um banho devidamente tomado fortalece contra os mesmos, porque melhora a circulação; o sangue é levado à superfície, conseguindo-se que ele aflua mais fácil e regularmente às várias partes do organismo. A mente e o corpo são igualmente revigorados. Os músculos tornam-se mais flexíveis, mais vivo o intelecto. O banho é um calmante dos nervos. Ajuda os intestinos, o estômago e o fígado, dando saúde e energia a cada um, o que promove a digestão.

EG White in A Ciência do Bom Viver pag 276

Respirar bem

Resultado de imagem para respirar bem
Para possuir bom sangue, é preciso respirar bem. Plena e profunda inspiração de ar puro, que encha os pulmões de oxigénio, purifica o sangue. Isso comunica ao mesmo uma cor viva, enviando-o, qual corrente vitalizadora, a todas as partes do corpo. Uma boa respiração acalma os nervos, estimula o apetite e melhora a digestão, o que conduz a um sono profundo e restaurador.

Deve-se conceder aos pulmões a maior liberdade possível. Sua capacidade se desenvolve pela liberdade de acção; diminui, se eles são constrangidos e comprimidos. Daí os maus efeitos do hábito tão comum, especialmente em trabalhos sedentários, de ficar todo dobrado sobre a tarefa em mão. Nessa postura é impossível respirar profundamente. A respiração superficial torna-se em breve um hábito, e os pulmões perdem a capacidade de expansão. Idêntico efeito é produzido por qualquer constrição. Não se proporciona assim espaço suficiente à parte inferior do peito; os músculos abdominais, destinados a auxiliar na respiração, não desempenham plenamente seu papel, e os pulmões são restringidos em sua acção. Assim é recebida uma deficiente provisão de oxigénio. O sangue move-se lentamente. Os resíduos, matéria venenosa que devia ser expelida nas exalações dos pulmões, são retidos, e o sangue se torna impuro. Não somente os pulmões, mas o estômago, o fígado e o cérebro são afectados. A pele torna-se pálida, é retardada a digestão; o coração fica deprimido; o cérebro nublado; confusos os pensamentos; baixam sombras sobre o espírito; todo o organismo se torna deprimido e inactivo, e especialmente susceptível à doença. 

By EG White in A Ciência do Bom Viver pag 273

A Circulação Sanguínea


Resultado de imagem para pessoas saudáveisPara termos boa saúde, é necessário que tenhamos bom sangue; pois este é a corrente da vida. Ele repara os desgastes e nutre o corpo. Quando provido dos devidos elementos de alimentação e purificado e vitalizado pelo contacto com o ar puro, leva a cada parte do organismo vida e vigor. Quanto mais perfeita a circulação, tanto melhor se realizará esse trabalho. A cada pulsação do coração, o sangue deve fazer, rápida e facilmente, seu caminho a todas as partes do corpo. Sua circulação não deve ser estorvada por vestuários ou cintas apertadas, nem por deficiente agasalho dos membros. Seja o que for que prejudique a circulação, força o sangue a voltar aos órgãos vitais, congestionando-os. Dor de cabeça, tosse, palpitação, ou indigestão, eis muitas vezes os resultados. 

By EG White in A Ciência do Bom viver pag 272

domingo, 1 de janeiro de 2017

The heart is like a garden

Resultado de imagem para seedling love

mensagem de ano novo



Imagem relacionadaLança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás.
Reparte com sete, e ainda até com oito, porque não sabes que mal haverá sobre a terra.
Estando as nuvens cheias, derramam a chuva sobre a terra, e caindo a árvore para o sul, ou para o norte, no lugar em que a árvore cair ali ficará.
Quem observa o vento, nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará.
Assim como tu não sabes qual o caminho do vento, nem como se formam os ossos no ventre da mulher grávida, assim também não sabes as obras de Deus, que faz todas as coisas.
Pela manhã semeia a tua semente, e à tarde não retires a tua mão, porque tu não sabes qual prosperará, se esta, se aquela, ou se ambas serão igualmente boas.
Certamente suave é a luz, e agradável é aos olhos ver o sol.


Eclesiastes 11: 1 a 7